Drenagens nas Trilhas
18/08/2017

O dia de voluntariado pelas trilhas no Zoom foi além

No domingo, 27/08, fervilhava na Fazenda Rancho Santo Antônio, o movimento alto astral de pessoas que vieram ao Zoom Bike Park para pedalar nas trilhas de Campos do Jordão ou que estavam curtindo arborismo, tirolesas e passeios à cavalo com a equipe do Aventura no Rancho e em paralelo chegavam alguns voluntários para neste dia participar com a equipe do Zoom de uma manutenção de trilha.

Programa  de  voluntariado em manutenção do Zoom Bike Park: Drenagens

Todos os meses acontece este encontro promovido pelo Zoom Bike Park para a realização de manutenção nas trilhas para mountain bike, integração e troca de informações sobre mountain bike e temas relacionados.

Com a participação de quatro voluntários: Jorge Kovacs e o Eduardo Lages de são Paulo, Giscard Veloso de Itajubá e nosso amigo presente em quase todas, Rodrigo Bastos de Campos do Jordão e a turma do Zoom Bike Park, César Roberto, Jefferson “Jé” Rosa e Marcio Prado, o alvo da ação de manutenção das trilhas foi drenagem. Depois de um bate papo apresentado as técnicas e fontes de informação técncia, o grupo foi para a trilha, desta vez sem as mountain bikes, mas munidos de enxadas, enxadões, picareta, rastelo e facão, ferramentas básicas para o trabalho.

A missão era de limpar saídas d’água existentes e criar novas em pontos específicos. E assim foi feito em toda Trilha do Barro Preto e Trilha do Afonso. Além da manutenção,  mão na massa, com as enxadas e a fins, rolou muita conversa e troca de informações sobre a experiência do Zoom no manejo de trilhas. Foi uma grande curtição de estar na natureza ao ar livre, equipe do Zoom e voluntários, contribuindo para o crescimento do Mountain bike de forma consciente.

O alerta: Incêndio na Trilha da Divisa e próximo a Ned Trail

Tudo acontecia bem quando estava próximo da hora do lanche, que ocorreria sobre a Ponte Pênsil “O Capitão”, da Ned Trail. O pessoal animado, já falando sobre o pedal que ocorreria depois do lanche, quando o pessoal do Aventura no Racho (organizadores das tirolesas, arborismo, passeios a cavalo, etc.), vinham pela trilha do Afonso subindo para o topo da Ned e Gravatá, dizendo: Parece que há um incêndio grande lá para as bandas da Trilha da Divisa. Neste momento o lanche foi antecipado, César e Jé pegaram um sanduba, ferramentas e foram checar mas já prontos para o combate. Marcio sugeriu ao pessoal voluntário que os acompanharia até a recepção do Zoom Bike Park para então voltar, eis que todos os três bravos voluntários disseram que de jeito nenhum voltariam, que iriam ajudar no combate ao incêndio o quanto pudessem. A Lígia, que chegou ao local do incêndio com os primeiros de sua equipe,  reportou que haviam três diferentes focos que iniciaram em área vizinha, o que tornaria a batalha ainda mais difícil. Neste mesmo momento Marcio ligou para o gestor no Parque Estadual de Campos do Jordão, o Diego Lustre, relatando o incêndio e pedindo suporte. Prontamente ele conseguiu, contando com ele próprio, mais 3 pessoas, além de ferramentas que fizeram a diferença na luta contra o fogo. Muito legal ter na gestão do Parque alguém com tamanha, solidariedade e disposição para ajudar com os poucos recursos que tem.

O combate ao incêndio nos campos da Trilha da Divisa

Ao todo, contando o pessoal do Zoom Bike Park, do Aventura no Rancho e do parque estadual, tiveram aproximadamente 40 pessoas, entre elas, a Lígia, uma das proprietárias da área e que toca a aventura e quem trouxe o Zoom para a fazenda de sua família. Bonito de ver a garra de todos nesta batalha, o sentimento de desespero quando o fogo não era contido, mas em momento algum as pessoas desistiam, se arriscando muito próximos ao calor do fogo, com sede, com tosse por inalar fumaça, nada contentes por ver o preto e cinza tomando conta do verde. Em cada frente, pois foram 3 focos de incêndio, brotava a liderança de alguém para conduzir a ação: fazer acero, abafar o fogo, dizer que ali já era, que deveríamos focar em outra área, ir em outra direção… Destaque para o Luciano Santos, morador a anos da Fazenda, que conhece cada palmo da área e responsável pelos cavalos. Também o Diego “Beiço” Christian da Silva, responsável da operacional do Aventura no Rancho. E nestas horas ninguém discutia, ouviam uma orientação e simplesmente a seguiam. Trabalho em equipe!

A batalha começou por volta das 13h e às 16h, o fogo foi contido. Atingiu menos de 5% da área e não atingiu nenhuma mata, habitação, instalação de ecoturismo ou estruturas das trilhas de mountain bike.

Trabalho voluntário em equipe pela Natureza foi além de umas “enxadadas”

Bonito de ver pessoas trabalhando juntas e com tamanha dedicação para proteger a natureza do meio em que convivemos. O tema desta publicação era para ser apenas sobre a experiência do nosso dia de trabalho de manutenção de trilhas com voluntários e foi além, com a participação deles se integrando com toda equipe da Fazenda – Aventura no Rancho e conosco do Zoom Bike Park. E para encerrar, mais uma vez parabéns a todos que não tiveram seus nomes mencionados aqui e como é legal ter as trilhas do Zoom em terras de alguém que as ama pela natureza e demonstra isto se arriscando ao lado de todos nesta batalha, que desta vez foi vencida.

Parabéns a todos e muito obrigado aos voluntários de longe que se envolveram muito mais do que o proposto!